sábado, junho 25, 2016

Quo vadis, Portugal?


Será que daqui a 3,5 horas, mais ou menos 30 minutos, Portugal está de saída, não da Europa ou da UE mas do Euro? Não a moeda única mas o UEFA Euro 2016? Ou será que vai encontrar a Polónia no último dia de Junho na vez de reencontrar a TAP no voo de regresso a Portugal antes disso?
Já dizia o outro, prognósticos só no fim do jogo por isso eu antes vou fazer uma análise baseada nas estatísticas e na minha opinião (que acabou por ser confirmada pelas mesmas estatísticas).

Escrevi eu no Facebook no final do primeiro jogo contra a Islândia que tinha gostado da exibição de Portugal e achava que faltava apenas um pouco de sorte e algum acerto no final.
Os outros 2 jogos confirmaram isso apesar de contra a Hungria termos marcado 3 e revelado falhas graves a nível defensivo. Mas até esse jogo confirmou a falta de sorte pois 2 dos golos húngaros foram com remates desviados que impediram o Patrício em ambos de (talvez) defender.

Mas a minha ideia era que Portugal estava a atacar bastante, a passar muito e até bem, e sempre com muita posse de bola. Estatisticamente Portugal dominou os 3 jogos e apenas conseguiu 3 empates.
As estatísticas provam isso mesmo: Portugal é a equipa com mais remates, a equipa com mais cantos, a terceira equipa com mais passes completados (atrás da Espanha e Alemanha) e com uma eficácia de 89% (6° lugar) e a segunda equipa, empatada com a Espanha com mais posse de bola, 61%, atrás da Alemanha com 66%.
Pela ordem natural das coisas Portugal teria passado em 1° do grupo e era sem dúvida uma das melhores 3 equipas do campeonato. Mas o futebol é mais do que matemática e estatísticas e a tal ponta de sorte que teima faltar (até o Ronaldo falhou um penalti) faz com que tenhamos passado só com empates e em 3° de um grupo com, desculpem a expressão, equipas de merda!

Agora vamos jogar com a Croácia que normalmente é uma equipa acessível. Aliás temos caminho aberto até à final (se por acaso lá chegarmos) pois as equipas grandes, ou aquelas a quem nunca ganhamos excepto a Inglaterra, estão todas na outra metade do quadro.
Só que a Croácia jogou e venceu com categoria, no meu entender, a Espanha. E porque é que isso é importante? Porque para mim Portugal tem jogado como a Espanha neste Euro 2016. Passamos muitos e bem, controlamos a bola, o ataque é forte apesar de mal afinado nos 2 primeiros jogos e outra semelhança estamos a defender mal (dar várias abébias aos adversários que até atacam pouco).
Até tivemos 2 jogadores do Real Madrid a falhar penaltis (o Ronaldo e o Sérgio Ramos)!
Se a Croácia conseguiu superiorizar-se à Espanha, vai fazer a mesma coisa a Portugal?

Eu só não digo que sim precisamente por esse jogo ter acontecido e presumo que a selecção o tenha visto e revisto e estudado em detalhe.
O facto da Croácia ter jogado e derrotado a Espanha pode contribuir a afinar a tática para o jogo de logo. Apesar de ter dito noutro dia que queria que ele se f**esse, o Fernando Santos sabe umas coisas e temos na nossa equipa qualidade para bater os croatas. Se o Ronaldo reencontrou a forma e a vontade no último jogo como eu acho, e espero, que o tenha, pode trazer a tal ponta de sorte que acho que faltou nos jogos do grupo.
Mas o Luka Modrić pode ser o joker que baralha tudo...

Sem comentários:

Publicar um comentário

Opina à tua vontade