segunda-feira, março 25, 2013

Filhos da Madrugada

Não tem nada a ver com a canção do Zeca Afonso. É apenas um equivalente que encontrei para a expressão inglesa "early bird", ou seja os madrugadores.

Isto é para descrever uma revelação que tive há uns tempos sobre o chegar cedo ou tarde ao escritório.
Aviso desde já que é apenas a minha experiência, não pretendo com isto dizer que estes são os hábitos na Holanda. Outras pessoas em outros escritórios terão até uma visão completamente oposta ao que vou aqui escrever.

Eu não sou de todo um "filho da madrugada". Aliás, corrijo até sou que desde há uns meses que me levanto sempre cedo, entre as 6 e as 7 da manhã. Para mim é cedo, sobretudo porque apenas demoro 15~20 minutos a chegar ao escritório e eu entro sempre tarde (eu consigo arranjar sempre coisas para fazer durante as 2 horas em que me levanto e até que me vou arranjar para vir trabalhar).
Por tarde quero dizer por volta das 10:00. Agora acaba por ser derivado também de ter o chamado turno da tarde (que me "obriga" a ficar até às 18:00) varias vezes por semana, mas também mo deram porque eu chegava regularmente mais tarde. Mas se fico até às 18:00 não vale a pena chegar mais cedo, isso só resultaria em trabalhar mais horas que os colegas (o que fiz sempre durante mais de 1 ano em meu próprio malefício).
Sendo assim, na maioria das vezes chego entre as 10:00 e as 10:15
Ora isso faz com que entrando no escritório encontro-o sempre praticamente cheio, quase todos os colegas já sentadinhos a laborar que nem doidos e fico com a ideia que sou sempre o ultimo a chegar.

Isto até vir mais cedo e não é preciso vir muito mais cedo. Basta chegar às 9:45 para me deparar com um cenário muito diferente. Ainda estão poucas pessoas mesmo que tenha chegado só 10 minutos antes do costume. E se eu chegar antes das 9:30? Então é como do dia para a noite. O escritório está vazio, só com meia dúzia de gatos pingados e se ficar atento reparo que todos chegam entre as 9:45 e as 10:00.
E eu a pensar que era sempre o mesmo atrasado e o resto da malta era madrugadora. Pois sim!
É como o lusco-fusco, uma questão de 5~7 minutos...

Sem comentários:

Publicar um comentário

Opina à tua vontade