quinta-feira, março 14, 2013

Cada vez pior...

O que mais me impressionou na noite de ontem, não foi a derrota do FCP nem foi propriamente a eleição do novo Papa argentino ou aquilo que rodeou a mesma (do ponto de vista do Vaticano). O que me impressionou mesmo foi estar a acompanhar em directo na Euronews, pois a CNN era demasiado americanizada, que tinha 2 britânicos a comentar. Ora para além de terem passado o tempo todo a dizer barbaridades, chegando mesmo a comparar o momento a um jogo de futebol, eis que quando aparece o Protodiácono e anuncia, em Latim como é da praxe, o nome do cardeal escolhido e o seu novo nome papal:
Dominum Georgius Marius, Sanctæ Romanæ Ecclesiæ Cardinalem, Bergoglio,
Qui sibi nomen imposuit
Franciscus.
Os mesmos ficam a dizer que é preciso esperar mais tempo para saber quem foi o escolhido pois o cardeal francês só tinha dito o nome papal!
Isto apesar de antes os mesmos terem dito que seria esta a frase que anunciaria o novo Papa, no formato: Dominum [nome próprio], sanctae romanae ecclesiae cardinalem [nome de família] qui sibi nomen imposuit [nome papal]
Enfim, estes parolos não conseguiram perceber o nome do Papa, talvez por serem 2 nomes próprios e ter sido dito em Latim.
E chegaram mesmo a anunciar outro cardeal como o novo Papa, para depois virem dizer que afinal era outro!

Enfim mais uma prova que os jornalistas de hoje têm grandes lacunas para o papel importante que desempenham e que não raras vezes desinformam ao invés de informar.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Opina à tua vontade