sexta-feira, agosto 28, 2015

Meu maluco mês de Agosto

Consegui evitar usar o título tão batido, apesar de ser muito parecido. Doido ficaria melhor, mas maluco tem 3 sílabas e assim bate certinho com o refrão daquela música que todos, muitos vá, conhecem, e que também serviu de inspiração para um filme de cinema.
Mas este mês foi mesmo algo maluco, porque apesar de ser supostamente o mês de férias onde pára mais de meio mundo, foi muito animado e doido também.

Por exemplo até ontem ainda só tinha visto no cinema ou na televisão aqueles casos de casais que de repente decidem casar-se e vão até ao registo só os 2 e casam-se assim, sozinhos e de repente, sem mais nada. Mas ontem aconteceu com um casal amigo, e portugueses ainda por cima. Ainda há umas 2 semanas falava-se em nossa casa sobre casamento e o nenhum interesse deles em fazê-lo e dias depois estava a receber uma mensagem para passarmos em casa deles para comer bolo e beber champanhe, aliás foi Cava, porque se iam casar!
E assim agora temos a Sra Rodrigues e o Sr Benavente. A foto é deles a cortar o bolo, e nota-se que também havia Porto e Martini para beber, e ela até escreveu no blog dela sobre o casamento, mas como eu não detenho os direitos da imagem dos noivos nem lhes pedi a autorização, nem sequer fui eu que tirei esta foto, ponho só o bolo, as flores e o acto simbólico que toda a gente (portugueses que lá estavam) pediram.
Gandas malucos!

Mas voltando mais atrás, este mês é de férias mas ao mesmo tempo marcou o regresso do futebol, seja em competições nacionais e nas europeias. É o regresso da maluqueira, sobretudo das reacções das pessoas e da troca de galhardetes. Mas eu prometi a mim mesmo, e escrevi até no Facebook, que só iria comentar jogos que visse e somente a nível desportivo. Admito que não é fácil, tendo em conta tanta baboseira que se diz, mas acho que vou conseguir, se aguentar a maluqueira inicial...
Em Agosto começou também a Vuelta, e aquilo também vai uma maluqueira já, com gajos desclassificados por apanharem boleia do carro da equipa, e um colombiano que era desconhecido para mim a roubar o protagonismo.
Também em Agosto e para acabar este fim-de-semana temos os Mundiais de Atletismo e pelo menos uma medalha de bronze já ninguém tira (espero que não) a Portugal e ao Nelson Évora.

A nível de notícias ontem foi o último dia do Tsipras como primeiro-ministro. A primeira aventura do Syriza como Governo deu numa doideira por todo a Europa mas falhou (no meu entender para toda a gente, foi daquelas coisas em que todos os que jogaram perderam). Pelos vistos ele vai voltar a ser PM depois das próximas eleições mas não sei se vai ter a maioria e cá para mim vamos ter mais do mesmo. O Varoufakis é que estará afastado e por isso a maluqueira nas negociações com os parceiros será outra.
Por mim fico na expectativa à espera do segundo milagre do Syriza...
Mas mais triste que a Grécia é a situação dos refugiados, ou migrantes como agora lhes preferem chamar e esta manhã vi no Euronews que mais 2 barcos foram resgatados quando se afundavam com mais umas dezenas de mortos e logo a seguir a notícia de um camião frigorífico encontrado abandonado numa auto-estrada austríaca com dezenas de mortos lá dentro (ainda nem sabiam quantos eram).
Anda tudo doido, tal como o outro marroquino que queria cometer uma carnificina no Thalys mas felizmente estavam na carruagem 3 americanos que queriam ter WiFi para aceder à net e evitaram a tragédia. Foram ajudados por um britânico e assim tivemos uma repetição da situação em que os americanos e ingleses salvam os franceses dum maluco.
Dos doidos varridos do ISIS já nem vale a pena falar...

A nível social, tivemos a doideira dos veleiros aqui em Amesterdão, a nossa maluquice de ir 4 dias a Praga em Agosto apanhar chuva, a outra maluquice maior de ir fazer praia aqui "no frio" e mergulhar no "gelado" Mar do Norte e outras coisas mais que não me recordo agora porque eu próprio estou a ficar maluco.
Só assim se explica eu ter visto de manhã quando cheguei, um gajo no estacionamento "a passear" outro numa camisa de forças. Ainda esfreguei os olhos para ter a certeza do que estava a ver, mas quando reparei na câmara de filmar num outro estacionamento mais alto por trás, encontrei uma espécie de justificação para o cenário que estava a ver.
Quando cheguei ao 9° andar e fui espreitar pela janela, estavam a atravessar a estrada na direcção do outro edifício da IBM. Da equipa de filmagem nenhum vestígio...

1 comentário:

  1. Deve ser do calor que fez o mês louco :p a fotografia está muito gira ;)

    ResponderEliminar

Opina à tua vontade