quinta-feira, julho 20, 2006

Fim das proibições...

Julho é o quinto mês do Ano no calendário Romano, que originalmente começava em Março, sendo chamado Quintilis, nome derivado de quintus a palavra latina para quinto.
Em 45 a.C., Júlio César introduz o calendário Juliano, acrescentando dois meses ao Ano - Janeiro e Fevereiro - o que tornou Quintilis no sétimo mês, sendo rebaptizado como Julius em honra de Júlio César.
O Calendário Gregoriano, utilizado actualmente na maior parte dos países ocidentais, foi promulgado pelo papa Gregório XIII a 24 de Fevereiro do ano de 1582, para substituir o calendário Juliano. Mas Julho manteve-se como sétimo mês...

E com esta pikena informação, que duvido que alguém de muito valor, que regresso ao blog e as dissertações. Isto depois de um interregno de... Quantas foram mesmo? Quase 3! Bem, e so' não foi mais porque um fim-de-semana eu ainda escrevi qualquer coisita antes de ir de férias...

Nos ultimos tempos, para além do Mundial 2006, foram também tempos de mudança para mim. Acabaram-se os meus 3 meses de destacamento em Inglaterra, começou o meu destacamento (também de 3 meses) em França logo imediatamente, mas entretanto fui gozar umas merecidas férias de 2 semanas no Algarve junto com a minha cara-metade. Noutra altura explicarei o pq de ir para o Algarve, presumo que as minhas razões são diferentes da maioria das pessoas. Mas isso qd finalmente me decidir a abrir o véu sobre moi memme.

Por isso as Dissertações tem rareado por aqui. Ainda por cima aqui em França so' tenho acesso à net no trabalho, logo vai dificultar um pouco mais a coisa... Talvez entretanto consiga encontrar uma rede WiFi desprotegida de um qq vizinho e me safe...

Bem, a verdade é que espero que com alguma regularidade (mas não tanta frequencia como qd estava no UK) a partir de agora, venha aqui dissertar, que até ja tenho montes de dissertações na cabeça, e outras pré-escritas, e ainda outras prometidas desde o inicio... Mesmo que de noite em casa não tenha acesso à net, posso sempre passa-las para escrito, não posso?

Ah, estava-me esquecendo... Esta "palermice" do mes de Julho que escrevi no inicio, não foi tirada da Wikipédia como alguns pensarão. Recebi-a esta info numa newsletter do meu banco!

1 comentário:

  1. Boas...

    Uns de volta às dissertações e outros de volta aos comentários..
    Acho que não é parvoíce nenhuma essa história do mês, foi uma forma diferente do *illenniumBC* (eu tirei algumas letras do nome do banco para o manter no anonimato) contemplar os seus “associados”. Eu, que também recebo as ditas “novidades”, achei interessante esta pikena dissertação sobre o mês de Julho.
    Claro que o facto de o Ocidente utilizar o calendário Gregoriano deve-se a podermos homenagea-lo de vez em quando com umas idas ao gregório...

    Algarve, essa bela localidade... há várias razões pelas quais as pessoas frequentam essas paragens. Se calhar a tua não será muito diferente da de muitos outros. E se para algumas pessoas isso também engloba praia, local onde se podem encontrar vários “espécimes” do sexo oposto, outras há que não necessitam de ver os corpos tão despidos... pelo menos numa primeira fase, claro! Depois há aqueles que vivem por lá e acham uma chatice a evasão que sofrem todos os anos por esta altura.

    Quanto aos véus... não os abras, levanta-os... (depois de ler o que escrevi fiquei com a ideia que os leitores poderão deturpar as minhas palavras, mas aviso-os desde já que tenho a mente muito pura e que foi com essa pureza que escrevi as ditas.)

    Quanto a WiFis abertos... tenho o dever de te prevenir que se podem apanhar doenças esquisitas quando se tentam utilizar recursos que terceiros disponibilizam para uso geral. (Novamente gostaria de frisar a pureza das minhas palavras!) Há pessoas que deixam a porta de trás aberta, na maior das inocências, havendo inúmeras outras que entram por lá com intenções maliciosas contaminando o espaço. Por isso nada melhor que um firewall para prevenir, mas verifica se não tem buracos...

    ResponderEliminar

Opina à tua vontade